Sala dos Milagres › 26/09/2017

Ex-votos: testemunhos de gratidão

EX-VOTO em latim significa “consoante a uma promessa” ou “extraído de uma promessa”. É considerado ex-voto todo objeto oferecido pelo agraciado a uma entidade intercessora, como forma de pagamento de uma graça ou milagre atendido.  Dessa maneira, cada objeto torna-se um símbolo, um testemunho de promessa contraída e realizada. Os objetos lá depositados são, em sua maioria, partes do corpo humano, esculpidos em cera, madeira ou parafina; fachos de cabelos trançados; aparelhos ortopédicos; muletas; casinhas feitas em madeira, roupas, óculos, terços, vidro com pedras de rins, entre outros.

Nessa acepção, o agraciado inicialmente faz um pedido a uma entidade intercessora de sua devoção. Pode ser às Marias, aos senhores, aos santos, às santas, sempre no intuito de se obter algum tipo de graça. Os pedidos podem ser feitos em um ato mental ou por escrito. Podem estar vinculados a questões de saúde, bem como para o atendimento de metas pessoais, tais como aprovações em concursos, formaturas, conseguir a habilitação de trânsito, arrumar emprego, um bom casamento e inúmeras outras solicitações das mais diversas naturezas.

Os ex-votos são representações objetificadas da fé católica popular. Podem ser materializados e classificados em diferentes linguagens visuais: Escultura, Pintura, Desenho, Fotografia e Objeto do cotidiano. Eles são construídos em diferentes suportes, com materiais diversificados. Os ex-votos escultóricos artesanais são feitos em madeira, modelados em argila. Existindo também os ex-votos tridimensionais moldados em cera ou parafina, além de outros materiais considerados alternativos. Neles veem-se esculpidos, modelados, o corpo humano, inteiro ou fragmentado (cabeça, mãos, pés, pernas, braços) e também os órgãos internos, tais como: fígado, coração, garganta, útero, pulmões, esôfago. Existem ainda esculturas de animais, de santos, réplicas miniaturizadas do santuário, além de várias outras motivações feitas tridimensionalmente. Abaixo objetos ex-votivos feitos com materiais diversos.

Já as pinturas ex-votivas, comumente apresentam a cena da graça obtida, “envolvendo a ocorrência que a motivou, o agraciador e o agraciado”. São imagens, descrevem a história da graça. As pinturas atuais são diversificadas, podem conter a narração do fato, representação do agraciador, imagem do santuário, além de outras motivações.
As fotografias-ex-votos, são ícones que presentificam a imagem do agraciado e/ou alguma tomada de cena que remeta ao motivo do pedido da graça ou milagre.

Por último, há os objetos “meras coisas”, que deixam de ser coisas e tornam-se um ex-voto, um objeto diferenciado, sacralizado, por documentar uma graça concedida.
Geralmente, os objetos são escolhidos de modo que tenham algum tipo de vinculo com o pedido. Exemplificando, o agraciado oferece um capacete como ex-voto por que conseguiu comprar uma moto, deixa uma muleta, por ter conseguido caminhar sem elas, uma casinha por ter conseguido, adquirir, quitar a sua casa ou de amigos e familiares. Dessa forma, os agraciados criam uma trama de associações simbólicas e metafóricas com os objetos a serem oferecidos como ex-votos.

Conclui-se que os ex-votos são objetos enfronhados de sentidos, sejam eles alegres ou tristes, não importando a linguagem usada para sua materialização. Não importa a forma, a ausência de destreza, do conhecimento de técnicas, os tipos de suportes utilizados, a nobreza ou a singeleza dos materiais, os erros de ortografia presentes nos bilhetes e cartinhas votivas. Não importa se os ex-votos estão em um cruzeiro dos acontecidos, em pequenas ermidas, em famosos Santuários. A forma, os meios e onde quer que eles estejam, simboliza a fé, a recompensa da fé. São objetos burilados de AMOR, GRATIDÃO E AGRADECIMENTO.

Texto : Ana Helena da Silva Delfino Duarte – Aninha Duarte – 117 DC
Fonte: DUARTE, Duarte, Ana Helena da Silva Delfino. Ex-votos e Poiesis: representação simbólica na Fé e na Arte. Tese (Doutorado em História) – Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2011

Livreto comemorativo dos 300 anos de Nossa Senhora Aparecida – Santuario de Nossa senhora Aparecida, Uberlândia Mg/ Brasil

Equipe organizadora da Sala dos Milagres

Coordenador Geral: Pe. Itamar …………….
Coordenação: Vanda ……………………….
Elaboração de textos : Ana Helena da Silva Delfino Duarte – Aninha Duarte
Revisão de texto: Soraria Lelis
Projeto gráfico:………………………………..
Fotografia: Cíntia Guimarães
Catalogação dos ex-votos…………………………………………….
Secretaria …………………………….
Blog ……………………………………………………
Ação educativa religiosa :………………………
Espaço Físico …………………………

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.